1 de novembro de 2009

Pelo direito de ter acento nas minhas idéias...

Sinceramente eu preciso me manifestar a respeito desta coisa "maravilhosa" que foi este novo Acordo Ortográfico... ¬¬

Me digam uma coisa... Por que causa, motivo, razão, circunstância desconhecida, falta do que fazer cabeluda ou falta de sexo garrafal estas pessoinhas lindas governantes dos países ditos "Lusófonos" não foram procurar alguma coisa mais interessante pra fazer entre si do que mudar toda a porra da forma que escrevemos há mais de 200 anos???

Pelo roxo-cintilante da túnica de Mérlin! Quantos de nós não ouviram HORRORES de uma professora enfurecida como um mastodonte pré-histórico por que tínhamos esquecido de colocar o maldito trema na lingüiça?
E quem nunca levou esporro do papai ou da mamãe ou ouviu um carinhoso "SEU BURRO!!!" dos coleguinhas de classe (geralmente acompanhado de "deliciosas" seções torturantes de risadas generalizadas na turma ¬¬) só por que escreveu algo como "O voo do meu passarinho foi em trajetória parabólica". Lembra da tia do primário te corrigindo?? Algo como "Lindinho[a] o seu passarinho vai no máximo se estabacar se o seu O de vôo não tiver 'chapeuzinho'"...

Ah... Mas uma coisa TODO MUNDO já sofreu!
Ninguém com mais de 10 anos pode dizer que nunca ficou sentado na frente de uma folha de prova se perguntando exatamente onde diabos enfiar a PORRA DO HÍFEN??
E claro, depois de receber a nota, com as palavras circuladas e as observações sobre a colocação incorreta do bendito tracinho, cada um de nós respondeu essa pergunta com um orifício diferente da anatomia corporal das nossas professoras... (acredito que a maioria de nós tenha pensado no mesmo monossílabo ACENTUADO pelo amor de deus!).

Agora que você já aprendeu a duras penas onde colocar o tracinho (e não é lá onde você pensou depois da prova não), que enfiou na sua cabeça (nem que fosse na porrada) que palavras onde o U é pronunciado depois do Q obrigatoriamente tem o trema, agora que você já sabia como utilizar o acento diferencial em palavras como para (preposição) e pára (verbo) e já tinha aprendido a dizer o alfabeto inteiro e terminar em ...R S T U V X Z K W Y. Depois de todos os sofrimentos que tivemos que enfrentar pra saber onde enfiar o acento agudo nas palavras paroxítonas com ditongos abertos ou letras I e U tônicos precedidos de ditongos em paroxítonas... Agora que você se matou de estudar para o ENEM decorando enlouquecidamente todas as malditas regras de acentuação...

Depois de tudo isso... Vem um bando de infelizes sem mais o que fazer e diz que tudo o que você aprendeu está errado e você vai ter que aprender tudo de novo!!!

Ah... Pra mim isso foi um CONTRA-SENSO (sim... com hífen ¬¬).
Cada região, país, área, fazendinha que seja tem seu próprio modo de falar o português... Não é por que os portugueses falam assim que eu vou chegar num banco dizendo que peguei uma bicha enorme (entenda-se fila) antes de chegar na enfermaria pra tomar uma pica (entenda-se injeção) contra a gripe. Nem tampouco vou ser obrigada a dizer pra um namorado pra botar durex (camisinha) no pinto dele antes de fazermos sexo... Já viu a merda? O cara no mínimo vai olhar pra minha cara e perguntar se eu tenho problemas mentais ¬¬

Nada contra quem aderiu, mas eu bem que tenho ânsias de ser revoltada e sair por ai dizendo que minhas idéias continuam tendo acento!
Ah, pelo amor de Deus! Hoje em dia eu tenho que betar um texto, ver coisas como linguiça, assembleia e ultrarromântico e ficar CALADA!!! Mesmo que pareça uma facada na minha barriga esquecerem respectivamente o trema, o acento agudo e a merda do hífen ¬¬

Como diz a minha mãe (que também se revolta com isso tanto quanto eu ou mais!), eu permaneço tão ANTI-SOCIAL que até o SOCIAL tem obrigatóriamente que permanecer separado do ANTI na minha palavra!
Desculpa galera, mas ANTISSOCIAL não rola ¬¬

Tudo bem, eu vou ter que me acostumar a comer LINGUIÇA, ler livros de AUTOAJUDA e procurar as CONTRAINDICAÇÕES na bula dos remédios. Não tem jeito: essa merda foi aprovada. Mas direito de me manifestar contra isso eu tenho com razão. Fomos educados por anos para aprender as mesmas regras, nossos pais apanhavam de palmatória pra por os acentos nos lugares certos e agora, depois de tanto sufoco, eu vou ter que engolir as idéias sem acento...

É... Até eu me acostumar... Vai doer! ¬¬

2 comentários:

Anônimo disse...

"Como diz a minha mãe (que também se revolta com isso tanto quanto eu ou mais!), eu permaneço tão ANTI-SOCIAL que até o SOCIAL tem obrigatóriamente que permanecer separado do ANTI na minha palavra!
Desculpa galera, mas ANTISSOCIAL não rola ¬¬"

Eu preciso dizer que concordo plenamente com todo o seu texto, e assino embaixo sobre o que sua mãe diz!

=*****

cacazetiii♪ disse...

Bem... Eu simplesmente detesto essa merda toda... Não que eu tivesse um amor(que seria platônico da parte da matéria)pelo português, mas também não era uma coisa que eu detestasse.
Porra POR QUE! POR QUE LEVARAM MEU QUERIDO TREMA! Sério... eu sou uma porta pra escrver e regars gramaticais de concordância TUDO ME IRRITA! Mas porra... Eu não vou mais voltar pro segundo grau e a pergunta é: Aonde as porra do velho que já aprenderam tudo que tinham que aprender vão aprender estas merdas de novo? Eu nem me interessei por essa porra toda... Tô cagando e andando... Ninguém mais tem tempo pra isso... Eu quero que todos os portugueses se fodam e se afoguem em suas bixas(sim lombrigas... morram sufucados pelo excesso de lombrigas nos seus estomagos podres! Eu só quero meu trema de volta T.T!